Precisamos falar sobre empreendedorismo, social

Agenda Araraquara 2017 será realizado nesta sexta, a partir das 8h30, no Sesc; a entrada é gratuita e não é necessária inscrição

    • ACidadeON/Ribeirao
    • José Manuel Lourenço
Divulgação
Eduardo Lyra, criador do Instituto Gerando Falcões (Foto: Divulgação)

 

Chegou o dia. Nesta sexta (25), a partir das 8h30, começa a terceira edição do Agenda Araraquara, um conjunto de seminários que se propõe a discutir os melhores caminhos para transformar cidades em comunidades. O evento é realizado pela Oceano Azul Eventos, empresa do grupo Empresas Pioneiras, e tem, o apoio Institucional da EPTV, jornal A Cidade, rádios CBN Ribeirão e Jovem Pan Araraquara, portal ACidade ON. O patrocínio é dos Correios e governo federal.

Este ano, o tema em discussão é empreendedorismo social, expressão utilizada para descrever negócios que, mesmo visando o lucro, têm como finalidade buscar soluções para problemas sociais.

O convidado desta edição é o fundador do Instituto Gerando Falcões, Eduardo Lyra. Com 29 anos, jornalista e escritor, ele criou uma estrutura que reúne parcerias com grandes empresas nacionais e internacionais, com o objetivo de criar uma rede de oferta de cultura e formação profissional para mais de 1,2 mil famílias da Grande São Paulo.

Ao seu lado, na mesa de debates, estarão o professor da Unesp e consultor das Nações Unidas e Organização Internacional do Trabalho (OIT), Leandro Pereira Morais, e o gerente regional do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e especialista em gestão de pessoas, Fernando Amêndola Sanches.

Divulgação
Leandro Morais: Professor da Unesp e consultor da OIT/ONU é um dos integrantes da mesa (Foto: Divulgação)

 

Exemplos

Durante toda a semana, ACidade ON Araraquara tem publicado reportagens a respeito do tema, com exemplos que têm dado certo e especialistas que explicam aos leitores quais os caminhos do empreendedorismo social no país. Foi o caso, por exemplo, do município carioca de Maricá, que criou a primeira moeda social eletrônica do país, com o duplo objetivo de reduzir a situação de extrema pobreza de parte da população e, ao mesmo tempo, incentivar o pequeno comércio local.

E Araraquara? O município também apareceu nas reportagens, com o exemplo de um grupo de empresárias da Associação de Mulheres Assentadas (AMA) do Assentamento Monte Alegre 6, que há quase uma década criou uma padaria que só trabalha com produtos orgânicos.

A “padoca” da AMA, como ficou conhecida, cresceu, diversificou a produção e agora está presente em diversas feiras de Araraquara e região e já participa na oferta de coffee breaks para diversas instituições regionais.

O próximo passo é profissionalizar ainda mais a sua estrutura para poder participar de concorrências para a oferta de merenda escolar no município de Araraquara.

Gostou do tema? Então, nesta sexta, a partir das 8h30, compareça ao Sesc Araraquara para pode conhecer melhor as ideias de Eduardo Lyra, Leandro Pereira Morais e Fernando Sanches para a área de empreendedorismo social. A entrada é gratuita.

E, se você tiver uma ideia que esteja dentro do tema e ache interessante apresentar, não se preocupe. Após a apresentação de Edu Lyra e dos demais integrantes da mesa, o Agenda Araraquara 2017 abre um espaço de debates entre os convidados e a plateia. O objetivo é conhecer caminhos e projetos que possam oferecer soluções inovadoras para velhos problemas da cidade.

O evento também terá transmissão em tempo real pelo portal ACidade ON Araraquara.

Divulgação
Fernando Sanches: Gerente regional do Sebrae completa a mesa do Agenda Araraquara 2017 (Foto: Divulgação)

0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.